<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2075034\x26blogName\x3d%C3%89+sempre+assim\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://caru.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://caru.blogspot.com/\x26vt\x3d-4795325790978278189', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=2075034&amp;blogName=%C3%89+sempre+assim&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=SILVER&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2Fsearch" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" title="Blogger Navigation and Search"></iframe> <div></div>
quinta-feira, março 29, 2001


O que eu queria, de verdade, fazer agora:
a) gritar bem alto no meio da rua
b) andar sob a chuva
c) tomar 15 Lexotan e só acordar sabe-se-lá-quando



terça-feira, março 27, 2001


She loves you, yeah, yeah, yeah
She loves you, yeah, yeah, yeah
With a love like that you know you should be glad





Enquanto uns parecem loucos, desatinados, até insanos; outros surgem das cinzas com boas notícias. That's what life is.





Pedido sincero: quando eu passar meus números de telefone, será que podem fazer o favor de anotá-los ou então se virar para conseguir de novo?? É o fim mandar e-mail dizendo que deletou mensagens que continham meus números sem ter anotado antes, né não????



segunda-feira, março 26, 2001


Fui para a casa da minha mãe, no interior, passar o final de semana. Acho que já fazia mais de um mês que eu não ia. Tava morrendo de saudades dela e dos meus irmãozinhos fofos, o Thomas e o Alessandro. Foi muito legal, eu saí totalmente do ar. Joguei Banco Imobiliário o final de semana inteirinho, mais do que eu jogava quando era pequena. O Alê ganhou todas, sendo que na última ele tinha todos os terrenos, e com hotel. Bárbaro!
Bom, aí que estou voltando, e o pouco tempo que eu passei acordada no carro foi pensando em como eu me isolei do mundo nesses dois dias. Parece que foram 2 meses! Celular desligado, só curtindo família Doriana: mamãe, crianças, cachorrinha, essas coisas. Quando cheguei na editora e liguei o computador, uma surpresa assustadora, deprimente: EU PERDI O OSCAR!!!!!! Esqueci completamente!!! Vi a notícia: "O Gladiador ganha o Oscar de melhor filme". E eu: "Como assim, ganha o Oscar?!?!" Caraca!!!!! É o primeiro Oscar que eu não vejo desde que me entendo por gente.
E é isso. Agora não sei mais o que será da minha vida. Ela pode se dividir agora em APO e DPO: Antes de Perder o Oscar e Depois de Perder o Oscar.
Eu sei que não é lá grande coisa, mas é uma quebra de tradição muito grande. Deve trazer grandes mudanças. Que sejam boas!



quarta-feira, março 21, 2001


Hoje as folhas começaram a cair...



terça-feira, março 20, 2001


Better today, to be awkwardly unsure than comfortably incorrect.





Hoje é o dia do mala!!! Putz, tem tanta gente para parabenizar que um dia só é pouco.
A Annettinha colocou no blog dela alguns tipos dessas pessoas, tipos básicos, os quais todo mundo conhece muito bem (infelizmente).
Parabéns galera! Vocês merecem!





É mais ou menos isso que eu quero.

Eu quero uma casa no campo
onde eu possa compor muitos rocks rurais
e tenha somente a certeza dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
onde eu possa ficar do tamanho da paz
e tenha somente a certeza dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
no meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
a pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
do tamanho ideal
pau-a-pique e sapê
Onde eu possa plantar meus amigos
meus discos
meus livros
e nada mais






segunda-feira, março 19, 2001


Um jeito de dar um beijo na lalá, já que ela não tá muito legal. Ela que me mandou esse Cesario Verde. Lindo! Ela me mandou dizendo que amava esse, e que achava a minha cara...

Cinismos

Eu hei-de lhe falar lugubremente
Do meu amor enorme e massacrado,
Falar-lhe com a luz e a fé dum crente.

Hei-de expor-lhe o meu peito descarnado,
Chamar-lhe minha cruz e meu Calvário,
E ser menos que um Judas empalhado.

Hei-de abrir-lhe o meu íntimo sacrário
E, desvendar a vida, o mundo, o gozo,
Como um velho filósofo lendário.

Hei-de mostrar, tão triste e tenebroso,
Os pegos abismais da minha vida,
E hei-de olhá-la dum modo tão nervoso,

Que ela há-de, enfim, sentir-se constrangida,
Cheia de dor, tremente, alucinada,
E há-de chorar, chorar enternecida!

E eu hei-de, entáo, soltar uma risada...





E por falar em "bem bacaninha", preciso explicar uma coisa. Na verdade, o destinatário da explicação nem sabe da existência deste blog, mas vai que um dia ele descobre... E mesmo que não descubra, eu vou me explicar, a nível de mim mesma.
Eu só digo "bem bacaninha" quando acho alguma coisa MUITO LEGAL MESMO!!! Não é perjorativo, nem nada... É mania minha. Quando eu digo só "bacana", aí pode ser mau sinal, dependendo da situação. Mas da última vez que eu disse "bem bacaninha", e que deu a maior confusão porque pareceu tiração de sarro, eu tava querendo dizer que ADOREI, tá?
É isso.





Hoje a Annette me perguntou se a Caru que aparecia no blog da Mazinha era eu. Fui conferir. Não sou eu. Poxa, eu sou única, não pode ter um monte de Caru por aí... Bom, a garota deve ser MUITO gente boa. As duas. Uma pelo apelido e a outra por ser amiga de uma Caru. O blog é legal, tem até fotos (que eu ainda não aprendi a colocar).
E aí, passeando pelo blog, li alguma coisa sobre uma música, que não consigo mais parar de cantarolar: The lion sleeps tonight. Mais uma pra série Rei Leão. Bem bacaninha!!!




sexta-feira, março 16, 2001


A Lalá trouxe um chá pra mim...





'Se você obedece a todas as regras acaba perdendo toda a diversão'





Ueba! Mais sugestão para a lista, desta vez by Lalá.
-> salada de lasanha passada





A Annette já mandou uma sugestão para a lista. Lá vai:
-> dente com cárie





A raiva já passou, mas a brincadeira é tão divertida que eu vou continuar adicionando itens à lista. Posso renomeá-la, para não levar bronca do meu irmão Totoca de novo ("Caru, isso nao se faz!!"). O novo título é COISAS MAIS AGRADÁVEIS QUE ... Aí, dependendo do dia, qualquer pessoa que ler pode completar os três pontinhos. Melhor assim, né? Então vou incluir mais uma, e quem pensar em coisas BEM bacanas, me manda!
-> placa dentária



quinta-feira, março 15, 2001


Nessa vida de meu Deus a gente depara (e não "se" depara, como corrigiu meu colega Ferla) com pessoas REALMENTE estranhas, e não faz nem idéia do porquê delas serem assim. Aí, ouvimos histórias de grávidas com desejos estranhos. Não precisa pensar muito para chegar a conclusões óbvias: a mãe dele comeu naftalina, sabão em pó e massa corrida. Judiação...





Uma brincadeira bacana, que ajuda a aliviar a tensão. Aprendi num livro.
COISAS MAIS AGRADÁVEIS QUE O MARCELO:
-> bosta de morcego
-> meias sujas
-> veias varicosas
-> baba de cachorro
-> cólica renal
-> coma alcoólico
-> bafo de bêbado





Apesar do dia ter começado, no primeiro minuto (literalmente), uma grande merda, me obrigo a ficar feliz: é aniversário do Thomas, meu pretendente a longo prazo. Que tudo seja lindo!!!! Muitos beijinhos para ele!!





Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece.



quarta-feira, março 14, 2001


374.856.825.863.985 toneladas fora do ombro!!!!

Bingo!!!!





Estou num dos maiores dilemas, pelo qual todo santo ser humano já passou. Se ainda não passou, pode esperar porque não vai demorar muito. Eu mesma já cansei de cair nessa dúvida cruel. Depois você acaba vendo que era uma baita besteira. Ser ou não ser: eis a questão.
Há quem diga que é melhor se arrepender do que fez, do que do que não fez (quem manda é o coração!). Outros dizem que dependendo da intenção, a tática deve ser ficar quieta (você não é um ser racional?????).
Eu, Carolina, a Fogaça, estou chegando à conclusão de que quem manda mesmo nessa p.... de mundo, e quem o faz girar, e quem deixa tudo lindo e azul é o danado do coração. Então vamos mandar ver. É isso! Tá decidido! Pronto!

Só um minuto... Vou fazer uma ligação e já volto.





Já que estamos de Vinícius, vamos ao melhor dos melhores:

Soneto do amor total

Amo-te tanto, meu amor
não cante o humano coração com mais verdade
Amo-te como amigo e como amante
numa sempre diversa realidade

Amo-te a fim de um calmo amor prestante
e te amo além, presente na saudade
Amo-te enfim com grande liberdade
dentro da eternidade e a cada instante

Amo-te como um bicho, simplesmente
de um amor sem mistério e sem virtude
com um desejo maciço e permanente

E de te amar assim, muito e amiúde
é que um dia, em teu corpo, de repente,
Hei de morrer de amar mais do que pude




Aí é só ouvir aquele coro de mulheres: "sem você, meu amor, eu não sou ninguém..."





Passa, tempo, tic-tac
Tic-tac, passa, hora
Chega logo, tic-tac
Tic-tac, e vai-te embora
Passa, tempo
Bem depressa
Não atrasa
Não demora
Que já estou
Muito cansado
Já perdi
Toda a alegria
De fazer
Meu tic-tac
Dia e noite
Noite e dia
Tic-tac
Tic-tac
Tic-tac...





tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac, tic-tac,





... que seja inteligente e fale francês. Amém!





Lendo as coisas que andei escrevendo aqui, percebi como minha vida é uma loucura. De sexta-feira para hoje (quarta-feira), a minha listinha de "Big Ls" desatualizou-se completamente. Agora eu sei que tem gente muito pior, mas, mais importante, tem gente MUITO melhor. O que significa que não preciso mais perder tempo me preocupando se eles são assim ou assado, porque tenho coisas bem mais interessantes para me ocupar. Se eles são resolvidos ou não, o problema é deles. Por que é que eu, uma Fogaça, bem resolvida, de bem com a vida, uma mulher que sabe o que quer, devo esquentar a cabeça com a debilidade mental de outras pessoas que já não são ninguém para mim?
Tá, pode parecer que estou puta da vida com alguém, mas a verdade é bem diferente. Eu "estou mais eu", sabe? Danem-se! Que explodam! Meu valor é incomensurável, não pode ser comparado a coisas tão pequenas. Viva a felicidade!! E para coroar esse estado de espírito, para variar, vou colar uma musiquinha que DaniMata me mandou: Felicidade
(Luiz Tatit)


Não sei porque eu tô tão feliz
Não há motivo algum pra ter tanta felicidade
Não sei o que que foi que eu fiz
Se eu fui perdendo o senso de realidade
Um sentimento indefinido
Foi me tomando ao cair da tarde
Infelizmente era felicidade
Claro que é muito gostoso
Claro que eu não acredito
Felicidade assim sem mais nem menos é muito esquisito

Não sei porque eu tô tão feliz
Preciso refletir um pouco e sair do barato
Não posso continuar assim feliz
Como se fosse um sentimento inato
Sem ter o menor motivo
Sem uma razão de fato
Ser feliz assim é meio chato
E as coisas nem vão muito bem
Perdi o dinheiro que eu tinha guardado
E pra completar depois disso
Eu fui despedido e estou desempregado
Amor que sempre foi meu forte
Não tenho tido muita sorte
Estou sozinho, sem saída, sem dinheiro e sem comida
E feliz da vida!!!

Não sei porque eu tô tão feliz
Vai ver que é pra esconder no fundo uma infelicidade
Pensei que fosse por aí, fiz todas terapias que tem na cidade
A conclusão veio depressa e sem nenhuma novidade
O meu problema era felicidade
Não fiquei desesperado, não, fui até bem razoável
Felicidade quando é no começo ainda é controlável

Não sei o que foi que eu fiz
Pra merecer estar radiante de felicidade
Mais fácil ver o que não fiz
Fiz muito pouca aqui pra minha idade
Não me dediquei a nada
Tudo eu fiz pela metade, porque então tanta felicidade
E dizem que eu só penso em mim, que sou muito centrado
Que eu sou egoísta
Tem gente que põe meus defeitos em ordem alfabética
E faz uma lista
Por isso não se justifica tanto privilégio de felicidade
Independente dos deslizes dentre todos os felizes
Sou o mais feliz

Não sei porque eu tô tão feliz
E já nem sei se é necessário ter um bom motivo
A busca de uma razão me deu dor de cabeça, acabou comigo
Enfim, eu já tentei de tudo, enfim eu quis ser conseqüente
Mas desisti, vou ser feliz pra sempre
Peço a todos com licença, vamos liberar o pedaço
Felicidade assim desse tamanho
Só com muito espaço!




segunda-feira, março 12, 2001


Oba! Domingo tem "tea time" de Luluzinhas, com bolo de caixinha de Dona Nena e pão de queijo!!





Isso é coisa da DaniMata, que veio com essa música e me fez ficar ouvindo o final de semana inteiro e cantarolando durante toda a segunda-feira. Vou colocar só um trechinho, que é o mais bacana:
"O que me importa seu carinho agora
Se é muito tarde para amar você?"

Just perfect!



domingo, março 11, 2001


Formato de bolso até que é bacana.



sexta-feira, março 09, 2001


Eu e DaniMata estamos totalmente MPB, totalmente melancolia, totalmente nostalgia....... Que delícia.... 21h30, em plena redação, cantando Chega de Saudade..... momento lindo...





Pra que sofrer com despedida?
Se só vai quem chegou
E quem vem vai partir
Você sofre, se lamenta, depois vai dormir





Não vai ser em vão
Que fiz tantos planos de me enganar
Como fiz enganos
De me encontrar
Como fiz estradas
De me perder
Fiz de tudo e nada
De te esquecer





Tudo que eu queria era uma bandeja de suspiros feitos em casa, um filme na TV, uma preguicinha gostosa, e mais um monte de suspiros também feitos em casa, mas de um jeito diferente.
(quem me inspirou foi o Marcinho Banfi, que está se despedindo da equipe Única hoje... Snif, snif...)



quinta-feira, março 08, 2001


Era um dia branco...
Se ele viesse pro que desse e viesse comigo, eu prometeria o sol se este saísse, ou a chuva se esta caísse. Numa praça, na beira do mar, num pedaço de qualquer lugar.





Essa alguém VAI TER que me responder: por que quando você mais precisa de uma resposta ela não vem? Ops! Estou sentindo que vou ficar sem resposta de novo.
Sério, qual a dificuldade em dar um reply num e-mail e digitar: "estou bem", ou "estou ocupado" ou "não estou a fim de responder suas mensagens" ou ainda "nunca mais me procure"?????





De novo!!!!! Sem computador!!!!!! Usando o dos outros!!!!!! Caramba!!!!!!
Poderia escrever mais uma lista imensa de tragédias ocorridas depois daquelas todas. Mas não vou fazer isso. Como diz minha amiga perua Paulete: "não verbaliza, Carolina!!"
Sendo assim, eu continuo aqui, "caminhando e cantando e seguindo a canção". Revoltada, o que torna tudo muito pior. Mas não dá para ficar cool.
Um dia eu vou ser feliz, as nuvens vão sair da frente do Sol e eu vou voltar a sorrir. "Someday when my crying's done I'm gonna wear a smile and walk in the sun"



segunda-feira, março 05, 2001


Hahaha.... Que horror!!! Tô lendo as coisas que escrevi e morrendo de rir.
Quem não me conhece vai pensar o quê de mim????
Bom, dane-se! Mas a verdade é que a coisa não é tão problemática assim. Faz parte da situação drástica sofrer e fazer drama.
Buuuuuuuuuuuuuáááááááááááááááááááááááááááá!!!!!!!!!!!!!!





Bom, quem sabe alguém fica com dó e resolve se candidatar ao cargo de amigo, amante, psicólogo, sei lá...
Ontem eu estava vendo os papagaios do meu irmão e eles estavam coçando a cabeça um do outro.... snif... nem isso eu tenho...





É foda! Ontem eu até chorei ao ler meu horóscopo.... Eita vida bandida! Carrasca! Lasqueira!!!





É o fim!! Estou no PC da Annette, porque o meu simplesmente se recusa a abrir o Internet Explorer. Era só isso que me faltava.
Eta fasesinha podre!! Minha amiga Alê me escreveu hoje para contar que as coisas com ela também não vão muito bem. Parece que quando as coisas resolvem dar errado, elas vêm de bando. Um cara aparece com a nova namorada (que não é você), o outro liga, deixa recado, você retorna toda feliz e ele, também muito contente, conta que está namorando. Pra que ligou, asshole???? Aí, seu PC não funciona, você fica doente, mancha a calça que mais adora, o corte de cabelo fica um lixo, sua pele detonada, seu dente dói, o elevador pára no meio do caminho, o vídeo cassete não funciona, a meia-calça desfia, você perde a hora do batizado do seu sobrinho (ufa! ainda bem que não era a madrinha mesmo), o estrado da sua cama quebra, a fita fica enrolada no gravador, o CD que você mais ama aparece totalmente riscado (e seu irmãozinho com uma cara fofa de Bombril na mão), a menstruação atrasa, o dentista marca todas as consultas para os próximos quinze sábados às 10h da matina, na depilação a garota consegue arrancar toda a pele da sua perna junto com os pêlos, ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh............





Meu PC é uma barca que não sabe navegar...



domingo, março 04, 2001


Fernando Pessoa:
"Meu coração é uma barca que não sabe navegar..."





bárbaro Lálá...
"sometimes i hate you
sometimes i hate myself
but always i seem to miss you"




quinta-feira, março 01, 2001


Quem escreveu ontem foi a .z.e.l. Ela gostou do Rei Leão... Ela parece ser bem doidinha, das minhas, sabe? Então, ótimo. Hakuna Matata pra você tb, Zel!