<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2075034\x26blogName\x3d%C3%89+sempre+assim\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://caru.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://caru.blogspot.com/\x26vt\x3d-4795325790978278189', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=2075034&amp;blogName=%C3%89+sempre+assim&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=SILVER&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2Fsearch" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" title="Blogger Navigation and Search"></iframe> <div></div>
quarta-feira, fevereiro 20, 2002


Ontem recebi um e-mail fofo de um bicho preguiça...





Em compensação, como nem tudo são flores, o medinho tá aumentando.

Acho que é bobagem, mas que tá, tá.





Ontem tive um papo tão bom com a Ediana... A gente falou do assunto de sempre, mas acho que sob uma ótica diferente.
Entendemos um monte de coisas, e boiamos em muitas outras.
Foi legal, bem legal.



segunda-feira, fevereiro 18, 2002


Será que eu finalmente estou virando uma boa moça?

O final de semana foi tão gostoso... Dá até medo, porque é tudo muito bem casado, tudo combina, tudo se encaixa perfeitamente.



sexta-feira, fevereiro 15, 2002


VOCÊ VAI ME SEGUIR
(Chico Buarque)

"Você vai me seguir
aonde quer que eu vá
você vai me servir
você vai se curvar
Você vai resistir
mas vai se acostumar
você vai me agredir
você vai me adorar
Você vai me sorrir
você vai se enfeitar
e vem me seduzir
me possuir, me infernizar
Você vai me trair
você vem me beijar
você vem me beijar
você vai me cegar
e eu vou consentir
Você vai conseguir
enfim me apunhalar
você vai me velar
chorar, vai me cobrir
e me ninar
Me nina, me ninar"





Valentine´s Day super girafinha...

Acho que eu tô ficando meio boba de novo...



quinta-feira, fevereiro 14, 2002


João e Maria
Chico Buarque

"Agora, eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três

Eu enfrentava o batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu badoque
E ensaiava o rock, para as matinês

Agora, eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
Era tão linda, de se admirar
E andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu peão, o seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade, acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá desse quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sum! iu do mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar:
-O que é que a vida vai fazer de mim?"



quarta-feira, fevereiro 13, 2002


Carnaval delícia!!!!!

Vendo céu estrelado, nadando na piscina gigante, tomando Sol e dando um monte de beijinhos...



quinta-feira, fevereiro 07, 2002


E pensar que ainda hoje "postei" algo que quase parecia que sentia falta dele...





Essa coisa de voltar no tempo é engraçada...

Hoje fui meio que obrigada a fazê-lo. Acho mesmo que teria feito tudo de outro jeito. Posso até escrever aqui, porque não tem muito risco dele ler. Talvez eu devesse escrever um e-mail, mas não iria mandar, assim como a carta de Baudelaire que escrevi e nunca entreguei. Aliás, isso pode ser um dos motivos: eu nunca me abri demais. Mas passou, paciência.
Hoje eu vi que ainda gosto demais dele, mas ele é babaca demais para perceber e persistir. Prefere uma coisa mais óbvia. Tenho certeza absoluta que a coisa era diferente do que o que ele vive hoje. Mas aí nem adiantaria, porque eu nunca seria constante. Seria sempre muito diferente, mas muito bom.
Medo é uma merda. Medo de enfrentar algo para o qual ele não está preparado. Quer coisa melhor? Porque a certeza de ser amado eu dei. A inconstância era em relação à rotina, ou algo do gênero. Depois de falar "I was looking for you", "Você também viu que foi mágico?", vir com essa de "fico inseguro de falar com você" é demais, não?

Mais do que achar que preciso de alguém seguro, ainda acredito que preciso de VOCÊ seguro. Só de você.





Que horror!!!!!

Na boa, dou de dez a zero nela.





Ah,mas pera aí.... o que foi aquilo???????????????????????????





"If I could turn back time
If I could find a way
I'd take back all those words that hurt you
And you'd stay
I don't know why I did the things I did
I don't know why I said the words I said
I didn't really meant to hurt you
I didn't wanna see you go
I know I made you cry, but baby
If I could turn back time"



quarta-feira, fevereiro 06, 2002


DAISY CRAZY!!!!!!!

Vou sentar e chorar um pouco....

Que loucura!!!! Até no trabalho está uma loucura, ninguém se entende. Socorrooooooooooooooo!!!!

Quero colo.





É, o Vinícius tem razão...

"Ah, mundo enganador
Paz não que mais dizer amor
Ai, não existe coisa mais triste que ter paz
E se arrepender, e se conformar
O tempo de paz não faz nem desfaz"





Que mania é essa agora? Quando eu termino namoro, todo mundo resolve namorar.
Que chatice!!!!!





Não sei se choro, se dou risada, se caso ou se compro uma bicicleta.

Vou até ali tomar uma Coca-Cola.

Odeio jornalistas, odeio celebridades, odeio dúvidas, odeio Marcelos e Marianos.





Saudades do Vinícius...
=(

Emprestei todos os meus CDs.



segunda-feira, fevereiro 04, 2002


Perguntas que pairam pela minha cabeça para pessoas diferentes. Seria ótimo se houvesse identificação e, claro, respostas:

- por que insistir para eu ir?
- cadê aquele poço de personalidade?

Povo estranho... E é gente de quem eu gosto muito...





Ai, ai...


Left me, won't you
Lift me above the old routine?
Make it nice,
Play it clean jazzman
When the jazzman's
Testifyin' a faithless man believes
He can sing you into paradise
Or bring you to your knees
It's a gospel kind of feelin',
A touch of Georgia slide,
A song of pure revival
And a style that's sanctified

Jazzman take my blues away
Make my pain
The same as yours
With every change you play
Jazzman, oh jazzman

When the jazzman's signifyin',
And the band is windin' low
It's the late night side of morning
In the darkness of his soul
He can fill a room with sadness
As he fills his horn with tears
He can cry like a fallen angel
When risin' time is near

Jazzman take my blues away
Make my pain the same as yours
With every change you play
Oh lift me
Won't you lift me with ev'ry turn around?
Play it sweetly,
Take me down,
Oh jazzman


Carole King, Jazzman