<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2075034\x26blogName\x3d%C3%89+sempre+assim\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://caru.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://caru.blogspot.com/\x26vt\x3d-4795325790978278189', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=2075034&amp;blogName=%C3%89+sempre+assim&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=SILVER&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2Fsearch" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" title="Blogger Navigation and Search"></iframe> <div></div>
sexta-feira, dezembro 27, 2002


Natal e férias em família.
Os meninos estão o máximo, já aprenderam até a fazer o TU-DU-BISHHHHH!!!

O Beto mandou e-mail.... hmmm...
O Magno ligou quase à meia-noite no dia 24.

Fofos???? Não, eu que sou!!!



sexta-feira, dezembro 20, 2002


Ontem à noite rolou um flashback legal.

Noite bem agradável de abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim.

Hoje foi meu último dia de trabalho: agora as desejadas e merecidas férias!!!
Não vejo a hora de encontrar mamãe e os meninos.



quinta-feira, dezembro 19, 2002


Eu, hein??

Hoje duas pessoas me chamaram de FLOR DE MARACUJÁ.
Que coisa mais linda!!! Fiquei feliz...

Ainda bem que a Ju tem explicação pra isso!





Depois eu é que tomo LSD...

Ontem fui jantar com a Dani para trocarmos as lembrancinhas
de Natal (desculpa para fofocar, mas tudo bem...)
Morri de rir: ganhei um peso de porta que é um sapo!!!
Muito fofinho... E o bilhetinho que vem junto, explicando o que
é aquilo, começava assim: "O sapo canta para chamar a chuva..."

É.... "Parece que vai chover aqui..."



quarta-feira, dezembro 18, 2002


Decidi viver um dia de cada vez.
E tá dando muito certo.

Ontem fui jantar no restaurante alemão (tava morrendo de vontade).
Foi super gostoso.
Noite maravilhosa, com direito a flores e água de coco de manhã.
Delícia!!!



terça-feira, dezembro 17, 2002


Ontem a noite foi muito divertida.

Essa coisa de brincar de "eu nunca" vai dar errado qualquer dia...
O importante é que demos muita risada (se bem que eu e a Maricota
já estávamos rindo à toa desde a tarde).
Enfim, resultou numa teoria boa do Fê sobre táxi (que a Maricota
deve publicar) e no novo refrão, editado e remasterizado:

"INA, INA, INA
Vai ver se eu tô na esquina!!"





Isso é Garret:

"It´s not right
It´s not right to feel sad, it´s not right to cover
up your own feelings
it´s not right to let it end like this"



segunda-feira, dezembro 16, 2002


O mais engraçado dessa história toda
(que até rendeu um bom papo com a minha mãe)
é que eu tô com uma sensação de paz incrível.
Tá tudo bem...
Acho que é aquela coisa de "depois da tempestade
vem a bonanza".
Conheci pessoas bacaninhas no meio tempo
e a paz continuou....

A paz invadiu o meu coração
Que contradição
só a guerra faz
Nosso amor em paz





Alguém pode entender (e se puder, me explicar)
como é possível brigar (e dizer que nunca mais quer ver na vida)
e voltar (assumindo que gosta MUITO) cerca de
oito vezes numa só semana?????

ai, tô cansando. o mundo inteiro é incoerente
ou é só impressão minha????





Lembrei de um palhaço famoso
e de umas coisas que ele costumava dizer.
Coisas sérias, que de agora em diante
serão meu lema de vida:

"Sempre rir, sempre rir
pra viver é melhor sempre rir
Eu sou palhaço, eu faço assim"



sexta-feira, dezembro 13, 2002


Hahaha.... Rindo muito aqui.

Sessão praga com Maricota...
we surelly know how to have fun!





Maricota entrou de sola hoje!!!

Por falar nela, vai um quote do Aurélio para esclarecer nosso papinho de hora do almoço:


incoerente - 1. sem coerência. 2. Desarmônico, discordante, deconexo.
3. Disparatado, ilógico, contraditório. 4. pessoa incoerente.





Smiths salva!

What Difference Does It Make?

"All men have secrets and here is mine
so let it be known
we have been through hell and high tide,
I can surely rely on you?
and yet you start to recoil,
heavy words are so lightly thrown
but still I'd leap in front of a flying bullet for you

So, what difference does it make?
so, what difference does it make?
it makes none
but you have gone
and you must be looking very old tonight

The devil will find work for idle hands to do
I stole and I lied, and why?
because you asked me to!
but now you make feel so ashamed
because I've only got two hands
well, I'm still fond of you

So, what difference does it make?
so, what difference does it make?
it makes none
but you have gone
and your prejudice won't keep you warm tonight

So, no more apologies
no more apologies
I'm too tired
I'm too sick and tired
and I'm feeling very sick and ill today

But I'm still fond of you "





Mas pelo menos o show do Garret foi delícia!
Eles fecharam com Summer of 69, que é tudo de bom nessa vida.





Ha! E eu que achei que sabia o significado de palhaço...

Na boa, na boa... Já estou escolada.
De palhaçada, I´ve had enough. E não preciso mais disso.
Tem Maricota tentando provar que eu estou errada, mas esse
papel não é dela.
Sem mais delongas, quem tiver alguma coisa a dizer, que
fale agora ou cale-se para sempre.



quinta-feira, dezembro 12, 2002


Supercalifragilisticexpialidocious

É isso aí!





Ah!!!!! Caso alguém não saiba:

O JUBA ESTÁ FAZENDO ACADEMIA!!!





Fui gentilmente convidada a assistir a um ensaio do Garret ontem.
Claro que quando eu cheguei o ensaio já havia acabado.

Mas aí, como prometido, partimos para uma sessão abobrinha das melhores.
Rimos muito, tentamos fazer umas brincadeiras de bêbado (que algumas pessoas
não conseguiram entender), enfim... funny!



quarta-feira, dezembro 11, 2002


Também, de novo, bem feito para a Caruzinha.

O cara passa o atestado de babaquice e eu deixo ele me chatear de novo.
Santa ignorância, Batman!





"TIME WILL MELT YOUR CASTLE OF ICE"

(que derreta tudo e morra afogado)





E no blog da Lis (que tá lindo)
achei uma coisa muito legal:

"existe o homem que você gosta, e ele não gosta de você
existe o homem que gosta de você, mas você não gosta dele
e existe o homem com o qual você casa"


hahaha.... coisas que me animam...





E a Maricota tá cômica hoje, totalmente tosca!





Devo dizer que até que estou having a good time...

Slow dancing de ontem: show!
curti HORRORES!

E hoje o responsável por algumas boas risadas é
o palhaço maior... até por blog me animou. cool!





Nada como uma crise de stress e um dia inteiro dormindo.
Pareço uma abóbora hoje, mas uma abóbora menos triste.


SO FAR AWAY
(Carole King)

So far away
Doesn't anybody stay in one place anymore
It will be so fine to see your face at my door
And it doesn't help to know that your just time away
Long ago I reached for you and there you stood
Holding you again could only do me good
Oh how I wish I could
but you're so far away

One more song about moving along the highway
I can't say much of anything that's new
But if I could only work this life out my way
I'd rather spend it being close to you
but you're so far away
Doesn't anybody stay in one place anymore
It will be so fine to see your face at my door
And it doesn't help to know you're so far away
So far away, yeah you're so far away

Traveling around sure get's me down and lonely
Nothing else to do but close my mind
And I sure hope the road don't get to own me
There's so many dreams that I've yet to find
But you're so far away
Doesn't anybody stay in one place anymore
It will be so fine to see your face at my door
And it doesn't help to know
you're so far away, you're so far away
You're so far away, you're so far away
Oh I need to get in touch with ya baby
You're so very, very, very far away
You're so, so far away



terça-feira, dezembro 10, 2002


Talvez eu não seja tão dura quanto finjo.





E Bia Abramo disse hoje:

"Pessoa de grande impacto em sua vida traz notícia boa, que vem na
direção de antigo desejo secreto. Você tem que mostrar a ela que confia
na sua capacidade e que tem um passado a seu favor. O resto depende
de fé. Não apenas em si, mas num projeto. Sem entusiasmo, nada vai andar."



segunda-feira, dezembro 09, 2002


"What Can I Do"

"I haven't slept at all in days
It's been so long since we've talked
And I have been here many times
I just don't know what I'm doing wrong

What can I do to make you love me
What can I do to make you care
What can I say to make you feel this
What can I do to get you there

There's only so much I can take
And I just got to let it go
And who knows I might feel better, yeah
If I don't try and I don't hope

What can I do to make you love me
What can I do to make you care
What can I say to make you feel this
What can I do to get you there

No more waiting, no more, aching...
No more fighting, no more, trying...

Maybe there's nothing more to say
And in a funny way I'm calm
Because the power is not mine
I'm just going to let it fly"







"Já conheci muita gente
Gostei de alguns garotos
Mas depois de você
Os outros são os outros
Ninguém pode acreditar
Na gente separado
Eu tenho mil amigos, mas você
Foi o meu melhor namorado
Procuro evitar comparações
Entre flores e declarações
Eu tento te esquecer
A minha vida continua
Mas é certo que eu seria
Sempre sua
Quem pode me entender
Depois de você os outros são os outros e só"






merda, merda, merda!!!

que monte de coisas surreais!!!
o papo de sexta com Beto ainda não entendi.
a situação ridícula e absurda de ontem à noite
acho que eu NUNCA vou entender.

tô tão chateada, irritada, triste, chorona...
e pra piorar, entro no supermercado e ainda
tenho que ouvir musiquinha de natal. GRRRR!!





Noite triste.
Achei que já tinha escapado do carma de me
decepcionar horrivelmente no fim das noites de domingo.



sexta-feira, dezembro 06, 2002


Ontem o Luís me deu um cinto de cristal MA-RA-VI-LHO-SO!

Mais legal: de surpresa, com um pacote lindo. Ele não é um fofo??





A tirinha me fez lembrar da minha relação feliz,
apesar das aparências, com o George fofo.
O mais legal é que rimos muito quando vimos.





quinta-feira, dezembro 05, 2002


Tava fuçando numas coisas velhas e achei duas broncas de duas
grandes amigas. Viram, meninas? Eu guardo, para não esquecer mais...

CÔMICO!!!

"vc desligou?! quanta maturidade! faz favor de insistir, totoca. diga pra ele que, apesar dos indícios, vc tem sim mais do que 12 anos de idade...."

"ele tava curtindo a historia, tava dando a maior corda, era só vc entrar na dele, ser mais fofa, FOFA!!!!! por favor seja fofa com ele!!!!"




quarta-feira, dezembro 04, 2002


Assisti Virgens Suicidas pela enésima vez.
Amo esse filme!
A parte que eu mais gosto é aquela festa no final, toda verde. As cenas ficam lindas!
As duas melhores cenas: a bandeja de sorvetes de pistache e as taças sendo cheias de líquido verde.



segunda-feira, dezembro 02, 2002


E pra piorar, Maricota foi para Londres e Paris
e me abandonou aqui...





Não aguento mais gente grossa hoje.

Agora vou ouvir a musiquinha linda e pensar só em coisa boa
(e em gente que não me enche o saco)

Summer of '69

"I got my first real six-string
Bought it at the five-and-dime
Played it till my fingers bled
It was the summer of '69

Me and some guys from school
Had a band and we tried real hard
Jimmy quit and Jody got married
I shoulda known we'd never get far
Oh when I look back now
That summer seemed to last forever
And if I had the choice
Ya - I'd always wanna be there
Those were the best days of my life

Ain't no use in complainin'
When you got a job to do
Spent my evenin's down at the drive-in
And that's when I met you

Standin' on your mama's porch
You told me that you'd wait forever
Oh and when you held my hand
I knew that it was now or never
Those were the best days of my life

Back in the summer of '69

Man we were killin' time
We were young and restless
We needed to unwind
I guess nothin' can last forever - forever, no

And now the times are changin'
Look at everything that's come and gone
Sometimes when I play that old six-string
I think about ya wonder what went wrong

Standin' on your mama's porch
You told me it would last forever
Oh the way you held my hand
I knew that it was now or never
Those were the best days of my life

Back in the summer of '69"





Pois é. Tem novato que já pegou o jeito...





Essa linguagem de surfista é mesmo um método prático para
deixar as pessoas confusas. Principalmente pessoas como eu,
que têm total afinidade com ambientes praianos.

Já dei cada nó na cabeça para tentar entender o que esses caras
falam!! É um dialeto, as palavras são completamente diferentes e,
pior, não fazem sentido algum quando agrupadas.

É, mas fazer o quê, né?





Final de semana in-tei-ri-nho fazendo mil trabalhos pra faculdade.
O LF foi MUITO gente boa, deixou eu usar o estúdio e me deu uma super
força ontem até as 23h. Fofo!!!

O lado bom de passar o finde assim foi que não sobrou tempo para
pensar em certas coisas que andaram me deixando chateada.
O lado ruim foi que perdi várias festanças.

Pelo menos deu tempo de conhecer a Fê, carioca famosa e gente boíssima!!!