<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d2075034\x26blogName\x3d%C3%89+sempre+assim\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://caru.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://caru.blogspot.com/\x26vt\x3d-4795325790978278189', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=2075034&amp;blogName=%C3%89+sempre+assim&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=SILVER&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fcaru.blogspot.com%2Fsearch" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" title="Blogger Navigation and Search"></iframe> <div></div>
terça-feira, abril 29, 2003


Eu sei dar o braço a torcer quando não tenho razão. Mas a minha opção também é válida.
E já que estamos falando nisso...

feromônio . [De fer(o)- + (hor)mônio; ingl. pheromone.] S. m. Quím. 1. Designação genérica
de substâncias segregadas por animais, esp. insetos, que servem de meio de comunicação
entre indivíduos da mesma espécie ou são atraentes sexuais.


ferormônio . [De fer- + hormônio.] S. m. Quím. 1. V. feromônio.



segunda-feira, abril 28, 2003


Duas frases muito boas de ontem. Uma muito séria, outra muito cômica:

Da Ju: "A gente tem que se preservar"

Do Dreas: "Você acha que eu sou metido? Não, só sou reservado"





But I'm not crazy, I'm just a little unwell
I know right now you can't tell
But stay awhile and maybe then you'll see
A different side of me
I'm not crazy, I'm just a little impaired
I know right now you don't care
But soon enough you're gonna think of me
And how I used to be





Final de semana mais surreal do universo.

Na sexta foi muito engraçado. Cervejada animada, a diversão ficou por conta do
Espigão e sua “bingala” e seu Landau. Cômico a gente passeando de Landau na porta das baladas.
Bebemos horrores!! Foi muito divertido, de verdade. Mas era bom demais pra ser verdade mesmo...

No sábado eu estava morta, mas não consegui escapar: acabamos indo pro Sacha,
rimos bastante lembrando das bobeiras. Definitivamente posso dizer que resolvi uma pendência
que estava me atrapalhando e agora me sinto plenamente “lista”. O bom é que desmitifica bastante
e você acaba vendo que nem era tudo aquilo que você pensava, nem um bicho de sete cabeças.
Mas voltando... Fomos expulsos do Sacha (novidade). Ah! Antes de sermos expulsos,
eu tava cantando “Tristeza, por favor vá embora...”. Fomos para o aniversário da mãe do Léo,
na casa dele. Tinha um DJ, pista e luzes, parecia uma baladona. Mas logo o DJ foi embora pro
Skol Beats (ele também!!) e os amigos da mãe do Léo resolveram fazer uma roda de samba.
Nossa, surreal!!! Um puta céu estrelado, e os caras tocando Saudosa Maloca, Barracão de Zinco,
FLOR DE LIS!!!! Aí tocaram “tristeza, por favor vá embora”. Show, show, show!!!! Sem palavras!!!

Dormi na Maricota e fizemos um esquema domingo-preguiça. A Má pegou um
recado feliz e eu fiquei feliz por ela. Começamos a agitar o povo para ir ao Pérola. Tudo lindo!!!
Fomos felizes e contentes com a Ju. O Du foi depois. O Peu, pra variar, tava passando mal e o
Teteu, pra variar, falou de cocô. Mas tava divertido. E foi aí que a cena mais ridícula do universo aconteceu.
Estou passada até agora!!!! Não por mim, porque além de já estar acostumada, isso não me afetou de forma
alguma. Mas quantas vezes eu já disse que pode brincar comigo à vontade,
MAS NÃO BRINQUE COM AS MINHAS AMIGAS????? Nossa, pisaram forte no meu calo!!!
Isso porque poucos minutos antes eu tinha perguntado “você confia plenamente nele?” e ela disse que sim.
Não sabia o que dizer. Sério. Tava tudo indo tão direitinho... Por que será que tem gente que,
para cada dois passos à frente, precisa retroceder um e meio? Será que é medo de ser uma pessoa
bacana e fascinar os outros? Só pode.

Anyways, ontem fiquei pertinho da Maricota e retribuí a atenção dispensada no episódio “brincar
com sentimento dos outros”. A gente até riu no final... Every little thing is gonna be allright.






sexta-feira, abril 25, 2003


De novo, atendendo a pedidos (nossa, estou tão generosa hoje!):
Quando eu citei meu “amigo” que fala lelé, que mandou a definição de
homérico e que fascina, eu tava falando do Gió (que voltou a me chamar
de Caru).

O menininho tá tão à vontade, que me passou uma trabalhosa lição de casa
pro final de semana (tarefa que eu adorei, vou exercitar minha faceta de crítica
literária. Graças a um outro amigo meu – este eu não preciso citar – aprendi a
importância de expressar minha opinião de forma desenvolvida).
Estou pensando seriamente em só entregar a lição de casa mediante uma “reunião”
regada a cerveja, paga por ele, obviamente.





O Jolyzinho hoje se superou!!! Quando eu disse pra ele que precisava que ele fosse
comigo até a salinha de depósito, ele não hesitou: “Só nós dois?! Desde que entrei
na empresa sonho com esse momento”. Hahaha... que FOFO!





Eu e a Maricota nos divertimos muito indo ao Promocenter essa semana. Hoje voltamos
na loja da coreana só para ouvi-la falar: “Chuva, pode! Chão! Muito bom!”. Ela nos brindou
com um “quinxi” básico... Aí achamos outra, que disse com seu português um pouco menos
macarrônico que não gostava de quem ficava só olhando e não levava nada. Deu um descontão
pra gente e ainda se gabou de que os clientes sempre saem de lá felizes, sorrindo,
“tudo gostoso”. SHOW!!!!





Eba! Terminei a sexta-feira ganhando um sorriso de presente. Sorrisinho suado!





Atendendo a pedidos, sugestões de presentes pra mim:










Inédito: Maricota publicou antes de mim!!!!

Bom, vamos lá... O coquetel na Fnac foi mesmo absurdo!!!
Numa palestra supostamente séria, depois de mostrar imagens
“tigresas” de Dali (surrealista, Maricota, para combinar com a sua
definição da noite), o cara empunhou seu violão e começou a
cantar Hi Lili, hi lo!!! E a mulherada na platéia cantarolava junto,
com a cabecinha de lado... Não deu pra agüentar.
Tomamos bastante Chandon e fomos conferir o Simoninha. Gostei
Do cara!!! O show tava uma delícia, ele é muito simpático e cantou
Primavera e Gostava Tanto de Você. Delícia, delícia.

Depois fomos para a tal da Griffe, indicação péssima que só poderia
ter vindo de pessoa péssima. Tava ultra vazio. O bom é que a gente
já tava lelé (como diz um amiguinho meu) e dançou horrores.

O resultado é muito sono hoje. Muito!!!



quinta-feira, abril 24, 2003


Como eu tava explicando hoje... não sei se estou preparada pra isso.
Infelizmente!





Fascinante fascinar.

Fas.ci.nar
v. 1. Tr. dir. Paralisar com o olhar. 2. Tr. dir. Atrair irresistivelmente; encantar. 3. Tr. dir., ind. e intr. Encantar, deslumbrar. 4. Tr. dir. Dominar irresistivelmente a atenção ou o interesse de.





Lembrei de uma coisa que já tinha de ter postado, mas havia esquecido
(de tão importante!!!).

O que foi aquilo???? O "snivelling little worm" (usando as palavras do Lalo querido)
"surgiu do arbustinho" (usando as da amada Carolzitas) e deu piti feio...

Ai, ai, ai... Criança que faz malcriação não ganha pirulito...







Lalo, tô contigo e não abro:

"só pode ser considerado desaparecido depois de 48 horas (pelo menos é
assim para a polícia nos filmes e seriados!)"






Leaving me at a loss
For words to express my feelings




quarta-feira, abril 23, 2003


De novo sem citar nomes:
"She was looking kind of dumb with her finger and her thumb
In the shape of an "L" on her forehead"


Estou tão zen, que a Maricota não se controlou na hora do almoço e disse:
"Você tá com uma cara de sonsinha..."
Diante da afirmação, fiquei com cara de "ué".
Aí ela, toda fofa, imitou minha "cara de sonsinha".
Ha! Show!





E Pedronis, batuta, responde meus e-mails
com frases do meu blog.

Moçada criativa, né??





Numa simpática troca de e-mails hoje recebi uma definição
do tamanho das crises pelas quais passei com um amigo.
Achei tão bonitinho... Here we go:

ho.mé.ri.co
adj. 1. Relativo ao poeta grego Homero, às suas obras ou ao seu estilo. 2.
Grandioso ou gigantesco como as personagens ou as proezas dos poemas de
Homero. 3. Fig. Grande, épico.





Em homenagem ao Dia Mundial do Escoteiro e aos meus queridos amigos “Sempre Alerta”, vou postar Flor de Lis*

Flor De Lis
Djavan

Valei-me, Deus!
É o fim do nosso amor
Perdoa, por favor
Eu sei que o erro aconteceu
Mas não sei o que fez
Tudo mudar de vez
Onde foi que eu errei?
Eu só sei que amei,
Que amei, que amei, que amei

Será talvez
Que minha ilusão
Foi dar meu coração
Com toda força
Pra essa moça
Me fazer feliz
E o destino não quis
Me ver como raiz
De uma flor de lis

E foi assim que eu vi
Nosso amor na poeira,
Poeira
Morto na beleza fria de Maria

E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem margarida nasceu.

E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem margarida nasceu.


* Pra quem não sabe, a flor de lis é é o símbolo do Escotismo. Que lindo! E foi o Baden Powell quem escolheu...





Por favor, escrevam!!!

Alguém conhece algo mais infantil, babaca e self-centered que isso:
"no fundo vc sabe que eu te conquistei mas vc não me conquistou..."



terça-feira, abril 22, 2003


Hahahaha... Isso eu achei numa matéria da Folha:

"“Caru” significa alimento, coisa boa"





Que legal!!! Olha o que eu achei:

"Só quero que você vá pro inferno.
E que tudo mais me aqueça neste inverno."
(Caru)
posted by Sergio Faria at 20.8.01

Continuo gostando de navegar pelo azul do brógui da Caru.
posted by Sergio Faria at 20.8.01

Carolina Fogaça, a criadora do É Sempre Assim, lê o Catarro Verde.
posted by Sergio Faria at 20.8.01"

É... Sérgio Faria, o criador do Catarro Verde, lê (ou lia) o É Sempre Assim.





Aliás, o papo com a Maricota hoje foi muito legal.
Depois de todas as fofocas do feriado, batemos um papo
no mínimo engraçado.
Finalmente consegui desentalar uma história da garganta,
liberando de vez o Mr. G. Ufa, ufa, ufa!!!

E o engraçado foi a idéia da música que eu tinha de postar hoje.
Nem dá, mas ia ser bem engraçado.





"Cara, eu olho pro nada e não penso em ninguém"
Ai, ai, ai Maricota!
O que eu podia fazer eu já fiz: liberei TODOS os ex e ainda estou
trabalhando na apresentação de amigos.
Fora o presente de Páscoa...





Noooooooooooooooooooooooossa... Me senti ultrajada!!
Não vou mandar e-mail nem ligar dizendo "fui insultada no seu blog",
mas que eu senti uma alfinetada, isso eu senti!
Pior é que fazia tempo que eu não entrava nesse blog.

Surprises...





Musiquinhas de fim de tarde, by Maricota:

- The Difference, Wallflowers
- All for You, Sister Hazel (eu diria PERFEITA)
- No Rain, Blind Mellon (eu diria SEM EFEITO COLATERAL)
- All the Small Things, Blink 182 (eu diria SHE LEFT ME ROSES BY THE STAIRS, SURPRISES LET ME KNOW SHE CARES)





Hoje achei que tinha matado a charada, mas parece que me dei mal.
Pior: não posso continuar minhas buscas, porque perdi a noção da fonte principal.
E agora, e agora, e agora?

Tudo bem, tudo bem. Nada que uma sessão de Carandiru não resolva. Será?



segunda-feira, abril 21, 2003


Estou com uma sensação engraçada...
Parece que um anjo passou por aqui ontem...

Por mais estranho que pareça, me fez bem.



sábado, abril 19, 2003


E o que foi aquela mensagem às 7:14 da madrugada????
"Feliz páscoa, Caru! Só não vai comer muitos ovos, tá?"

TÁ!!!!!





Feriadinho descansandinho...

Fazendo nada, jeitão de preguiça o tempo todo.
Ontem Duzinho veio jantar conosco. Depois fomos para o Morro Paulicéia
com a turminha batuta: Leleco e LF. Chamei o Fê Campos para ir conosco
e acabei me arrependendo. Tanto mal entendido, ninguém merece!!!

A Dani Marx mandou notícias muito boas de BH. Legal! Feliz por ela!
Maricota também ligou de Angra. Depois de um sacrifício para conseguir
sair de SP, deu tudo certo e o lugar é lindo. Show!




quinta-feira, abril 17, 2003


Foi o Tim Maia que disse:
"posso até gostar, porém não me iludo mais"

É isso aí.



quarta-feira, abril 16, 2003


essa é para tanta gente, que nem vou citar nomes.
qualquer dúvida vale uma consulta

"if you´re lost
you can look
and you will find me
time after time
if you fall
I will catch you
I´ll be waiting
time after time"


aliás, uma coisa que eu estou aprendendo é parar de citar nomes
ou eu recebo ligações choramingosas do tipo "fui insultado no seu blog"
ou fico sabendo que tem gente achando que é o recheio do rocambole
BAH!



segunda-feira, abril 14, 2003


Emancipate yourselves from mental slavery;
None but ourselves can free our minds.





Devo admitir que posso estar mudando de idéia em relação
à famosa ligação-do-dia-seguinte.
Muitos pontos, muitos pontos.

Domingo feliz!



domingo, abril 13, 2003


Ontem rolou uma balada no Montezuma.
Gostei do lugar, a banda que estava tocando era muito legal
e o povinho era show de bola.
Fomos no aniversário de uma amiga do Du. A Dani finalmente
resolveu juntar-se a nós e a Maricota e a Ju também apareceram por lá.
Ri muito, brinquei de Grease com o Du, foi bacanérrimo!!!
Fiquei bastante tempo falando de handball, e foi muito legal mesmo.



sábado, abril 12, 2003


Tem coisa que eu simplesmente continuo não entendendo.

Estou odiando a imagem que o quebra-cabeças está formando.





Ontem foi muito legal...
Saímos com a Fernanda, finalmente.

Rimos a noite inteira, o tempo passou e a gente nem percebeu.
Muito bom, vamos repetir.



sexta-feira, abril 11, 2003


Achei um blog de bobeira e é bem legal!
Adoro manteiga de amendoim, histórias engraçadas e gente que fala HORRORES.





A banda do querido Vi tocou Loosing my Religion...

"Every whisper
Of every waking hour I'm
Choosing my confessions
Trying to keep an eye on you
Like a hurt lost and blinded fool
Oh no I've said too much
I set it up

Consider this
The hint of the century
Consider this
The slip that brought me
To my knees failed
What if all these fantasies
Come flailing around
Now I've said too much
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

But that was just a dream
That was just a dream"





Mais coisinhas para deixarem Caru feliz:
domingo vai ter piquenique no parque!!!!

AÊ!!!





ÊÊÊÊÊÊÊÊ!!!!!

Almoço no Rockets!!! Chilli Fries!!! Muita Coca!!
Tocou My Girl (que nem no show de ontem) e
eu adorei!!!

Ri muito com a Maricota (estamos as duas meio bobas,
efeito da noite de ontem), quando ela disse que meteu
os pés pelas pernas.... jajajajajajaja...





Tem coisas que eu simplesmente não entendo.






E eu sabia que não sairia ilesa. Entrei no Espelho,
tava tocando Já Sei Namorar. Antes da banda tocar,
tocou Time to Rock. E assim que a banda parou, entrou
Hey Baby. Sabe o que isso me fez lembrar? Smiths!
"Hang the DJ!!!!"





Curtas

Leitores amados,
Pasmem: o LF me perguntou da Tatinha!!!
Pasmem II: dessa vez eu morri de rir!

O Raphinha falando do beijo da garota:
"é tão bom que dá até raiva"

A história fofa da minha amiga. Numa troca
de e-mails onde os beijos cresciam em progressão
geométrica, o rapaz manda (muito bem):
"levante o indicador da mão direita e faça o número 1.
Eu vou fazer o mesmo. Um beijo desse tamanho".

E o casal super WWII? Ele de farda, ela toda de
branco.... mãos dadas, no maior love.



quinta-feira, abril 10, 2003


Oba!! Hoje tem show do Cow Bells, a outra banda do Victor!!
Acho que vai ser bem legal e ainda por cima vai ser no Espelho, que é um lugar que me traz boas recordações...

Por falar em recordações, elas têm tomado minha mente.
E eu voltei a ser uma menina sorridente!!
(viram? até faço rimas... ai, ai...)



quarta-feira, abril 09, 2003


E o Du me ligou à tarde para dizer quem eram A, B, C e D.
Eu diria que o moço ganhou meio Twix.

Quanto à pergunta de um milhão de dólares... ELE GANHOU!!!
AÊÊÊÊÊÊ!!!!!





Era uma vez uma menina A que conheceu um rapaz B pela Internet.
Ele se curtiram, saíram juntos e se gostaram.
O menino B chamou a menina A para sua festa de aniversário.
A menina A levou sua amiga C. O amigo D do menino B gostou da menina C.
O menino D e a menina C ficaram juntos e gostaram.
Depois de um tempo, a menina A continuava amiga da menina C, assim como
o menino B continuava amigo de menino D. Mas a menina A já não estava
mais com o menino B, nem a menina C com o menino D.
Depois de mais um tempo, o menino B acabou virando um baita amigo da
menina C. E todos viveram felizes para sempre.

Quem souber identificar A, B, C e D ganha um Twix.

Ah!!! E a pergunta de um milhão de dólares ainda tá valendo!!



terça-feira, abril 08, 2003


Ainda preciso dar um update nesse blog.

A viagem para Buenos Aires foi bem legal, apesar de alguns pesares.
Amei o lugar!!!
Os mullets imperam, mas os homens são lindos mesmo assim.
E é muito engraçado porque eles já te pedem em namoro logo de cara. Cômico!!

Sexta fizemos aula de tango, assistimos a um show e fomos a uma Milonga
dançar. MUITO BOM!

Lalá foi a super companheira de dia. A Helô foi a Buenos Aires News, uma
boate muito bacana, comigo. Rimos horrores quando chegamos e demos de cara
com um show de stripers masculino!!! Depois dançamos muito até as 7 e tantas
da matina! Dancei salsa com um cara que calçava um Rider!!! Na balada!!!
Tocou a música da Onda ("onda, onda, olha a onda") e até Ana Júlia.
Descobrimos que as brasileiras fazem muito sucesso por aquelas bandas.

Dormi pouco, andei muito, mas valeu à pena!!!

Senti muito por ter pedido a super-mega-festa de Maricota e Ju, o baita show
do Garret e o explosivo ensaio com direito a ER.

Infelizmente, não podemos ter tudo.
Ontem fui conhecer o Public com o meu mais amado Du, pusemos as fofocas em dia
e matamos a saudade em clima de romance tórrido.
Mais tarde, muita risada... O André não fala mais comigo!!! rsrsrsrs

E a pergunta de um milhão de dólares: quando é que vai rolar esse casinho mal resolvido
que está muito claro nuns blogs por aí??? Hein?????



quinta-feira, abril 03, 2003


Olha só que coisa boa: tem gente que ainda
acredita que eu mereço um Twix.
Aliás, Um não!!! UMA CAIXA DE TWIX!!!!

Aê!!! Vou ficar cada vez mais gorda, mas
muito felix com a minha caixinha de Twix!

Valeu Maricotinha!!!!!





Quem estava presente ontem percebeu que o processo ainda está longe de acabar. Que bom que eu estava entre amigos (os melhores)!!!!
Valeu Maricotinha pela paciência e valeu Duzinho pelo colo (literalmente!!)

Apesar de perder A festa do ano no sábado, acho que eu estou feliz por sair um pouco daqui e respirar outros ares (bons ares, por sinal). Espero voltar revigorada.





Tenho uma regra do blog, de não apagar o que eu escrevi nunca.

Então, quando acho que peguei pesado demais, eu peço desculpas (uma coisa que aprendi há pouco tempo, mas que é bem bacana).

Talvez eu tenha sido muito dura, mas isso foi necessário para o meu processo de recuperação. O processo não terminou, mas acho que estou na fase de ficar numa boa. Não me arrependo do que escrevi, mas queria dizer que passou. Pra todo mundo mesmo.



terça-feira, abril 01, 2003


Ah, mas eu estou feliz.
Afinal, pra que servem os palhaços, se não para nos fazer rir?





Música é muito legal, mas tem um lado ruim:
como eu ouço No Rain agora???? Catso!

A solução??? Here it is:

"I can't figure you out
But a heart must be the one thing you were born without
I've been wasting my time
I don't know where I'll sleep tonight
You say that you can do without me
Go ahead now try and live without me

Baby save up all your tears
You might need them someday
When the tears start to fall
I won't wipe them away
When you cry in the night
For the love that you need
Baby, save up your tears
Cause you'll be crying over me

You got used to my touch
I got used to not, not feeling much
Winter set in your eyes
Time will melt your castle of lies
You think that you won't feel the pain now
Your eyes will be crying like the rain now

You'll be crying
You'll be crying over me

You don't know it now
But some wounds get deeper with time
You don't feel it now
Till the need burns, a knife turns
Your heart bleeds like mine"

E em caso de dúvidas: é, André, é pra você mesmo.






Ontem eu fiquei BEM melhor à noite.
Duzinho fofo me encontrou e nós fomos para casa jantar, papear e
assistir filminho. Delícia de noite. Dei uma boa animada e consegui
até dormir!!

Hoje, pensando em tudo com a cabeça mais relaxada, cheguei a uma
conclusão muito simples: perdi mesmo o repeito. O que aconteceu
foi uma puta palhaçada, digna de um moleque. E não havia mesmo
muito o que esperar do rapaz. Viagem minha.

Absorvi bem os conselhos da Dani e da Ediana: estou aprendendo a
dizer não e a prestar atenção no valor agregado. Que sirva de lição,
once again!